Tudo sobre o Never Broken:

Acesse nossa página especial dedicada ao terceiro álbum da Amy Jo Johnson.

Review sobre o curta Bent:

Confira a tradução da review escrita por Sherryn Daniel para o primeiro curta-metragem da Amy Jo.

Tudo sobre Flashpoint:

Acesse nossa página especial sobre a série com galeria de fotos e guia de episódios.

Perfect Body no Netflix Brasil:

O filme agora está disponivel aos assinantes da Netflix no Brasil, saiba mais.

The Space Between:

O site oficial do primeiro longa-metragem de Amy Jo como cineasta já está no ar! Clique na imagem e confira:

28 de set de 2008

Episódio 9: Planets Aligned

Flashpoint marca mais uma grande audiência, dessa vez com o episódio finale da primeira parte da primeira temporada!

"Planets Aligned", que mostrou a nossa Jules em uma negociação arriscada e nos surprendeu com mais uma atuação realista e tocante da Amy Jo Johnson, atingiu quase 10 milhões de telespectadores nos EUA, assumindo o topo da lista dos episódios mais assistidos da série. Flashpoint ainda ficou na frente das séries Smallville e Supernatural que estreavam novas temporadas.

E mais uma boa notícia:

Flashpoint acaba de ser renovada pela CBS, isso quer dizer que a parceria entre a emissora e a CTV continua na produção dos 13 episódos da segunda temporada!

Confiram as screencaps da Jules em Planets Aligned:








21 de set de 2008

Rapidinhas

1. Já está sendo exibido nos canais de televisão (inclusive no Brasil) o trailler de Beverly Hills Chihuahua, novo filme da Wall Disney Pictures. Apesar de muitos sites como o CelebrityPro e Just Jared noticiarem que a Amy Jo Johnson estaria no elenco desse filme, ao que tudo indica ela não faz parte do cast (e não iria dar para conciliar as gravações de Flashpoint ao filme estando grávida). O filme que estréia em outubro nos cinemas, vai receber o título em português de "Perdido pra Cachorro".

2. Foram finalizadas as gravações da primeira temporada de Flashpoint. Os últimos episódios da série entram agora em fase de pós-produção e edição. No inicio de 2009, o elenco volta a toronto para começar a gravar os episódios da segunda temporada.

3. Parece que Flashpoint será mesmo exibida no Brasil pela Warner Channel. Boatos dizem que o SBT estaria negociando a exibição da série para a TV aberta.

4. Ainda falando em Flashpoint, com a audiência da semana passada nos EUA, o episódio "Never Kissed a Girl" se torna o segundo mais assistido da série. O posto antes era ocupado pelo episódio "Asking for a flowers".

18 de set de 2008

Amy Jo Johnson em Trilha Indomável

Em 2004, Amy Jo Johnson e Burt Reynolds estrelaram o filme "Trilha Indomável" (Hard Ground).

Dirigido por Frank Q. Dobbs, o filme foi gravado em Santa Clarita, California, USA e originalmente produzido pelo Hallmark Entertainment.

O ator Burt Reynolds (já indicado ao Oscar) faz uma ótima atuação na pele do durão caçador de recompensas John Mckay e além dele, como não podia faltar em bom filme de faroeste, temos um vilão e uma mocinha que sempre é capturada. Em Trilha Indomável, Elizabeth (Liz) interpretada por Amy Jo Johnson é a garota orfã que corre perigo e Billy Bucklin interpretado por David Figlioli é o assassino que está solto no Arizona. Tiroteios e muita ação no faroeste é o que não faltaram nessa produção.

No Brasil, Trilha Indomável foi lançado diretamente em DVD e se encontra disponível em muitas lojas e locadoras. É distribuido pela Alpha Filmes.

Confiram aqui algumas lojas:


Para Locação:


Sinopse: No violento oeste norte –americano do começo do século xx, o assassino e ladrão Billy Bucklin aterroriza o Arizona. O único homem que parece não temê-lo é um caçador de recompensas chamado John Mckay (Burt Reynolds).

Ainda na prisão John é procurado por um antigo amigo, Nate, que propõe o perdão da sentença caso ele aceite acabar com Billy. John então parte em busca do perigoso bandido e no caminho acaba resgatando Liz (Amy Jo Johnson) que se junta a ele na procura do assassino. Mas Nate também envia Joshua, um jovem inexperiente, no enlaço de Billy.

As circunstâncias fazem John
e Joshua ficar cara-a-cara para resolver um passado cheio de conflitos no meio do fogo cruzado.

Screencaps da Amy Jo Johnson em Trilha Indomável:

Participe da comunidade do filme no orkut!
Entre aqui!

7 de set de 2008

Amy Jo Johnson e Hugh Dillon: Os Cantores de Flashpoint

Confiram traduzida, uma matéria que saiu no site da CTV sobre o lado musical dos atores de Flashpoint.

"Estrelas de Flashpoint mostram o lado musical nos episódios"

Amy Jo Johnson e Hugh Dillon estão trocando seus rifles por microfones quando suas musicas estão nos episódios da série “Flashpoint”.

Dillon interpreta o chefe da equipe e o atirador líder Ed Lane, enquanto Johnson interpreta a única mulher na equipe, Julianna “Jules” Callaghan, uma atiradora e especialista em rapel.

Dillon também é conhecido por sua carreira em frente a banda de punk rock canadense “The Headstones” e Johnson tem desenvolvido sua carreira musical por muitos anos.

A composição original de Johnson “Dancing In-between”, estará no episódio “Atenttion Shoppers” que vai ao ar quinta, 14 de agosto. A música de Dillon “Lost in the Sea” escrita e gravada para “Flashpoint”, vai aparecer no oitavo episódio, “Never Kissed a Girl”.

Durante uma entrevista com a CTV.ca Johnson disse que a produtora executiva Anne Marie La Traverse descobriu sua música, “pensou que era legal” e perguntou se ela gostaria de ter sua música no show. Johnson então deu a La Traverse um disco com músicas e então ela escolheu “Dancing In-between” para a série.

Sem revelar muito sobre a origem da música Johnson diz: “A música é sobre uma falha pessoal e o intervalo de tempo que se levou pra ficar em pé de novo”.

A música originalmente aparece no CD ao vivo de Johnson “Imperfect” que ela lançou em 2005. Johnson diz que a versão de “Flashpoint” é de uma diferente gravação que foi gravada na Bósnia há 3 anos atrás com alguns amigos no Pavarotti Music Center.

“Durante os últimos anos eu gravei aqui e alí., mas a maioria das vezes na minha sala. As músicas normalmente não eram feitas profissionalmente em estúdio, elas eram profissionalmente feitas por mim (risos). É uma coisa que eu amo fazer. Você pode chamar de hobby... Eu não, mas não é uma coisa que eu quero seguir e me tornar uma estrela do rock. É só uma paixão minha, eu adoro fazer música”.

O grande próximo projeto.

Além de estar envolvida com a primeira temporada de “Flashpoint” que faltam mais duas semanas de produção, Johnson tem um outro projeto: seu primeiro filho.

“Eu estou começando a parecer boba, porque já está aparecendo. Porque eu tenho o uniforme, você não consegue dizer, mas estou curiosa pra ver como eu estou na tela”, diz Johnson. “Eu estou crescendo em uma rápida quantidade aqui!”

Para a segunda temporada da série Johnson diz: “Eu vou ter um bebê, então vamos ver como se encaixa.”

Fãs da música de Johnson podem achar mais sobre como comprar seus CDs e MP3s no seu site oficial amyjojohnson.com. Sua música ainda está disponível no iTunes.

Tradução By Talita
Original do site CTV.ca

5 de set de 2008

Flashpoint é renovada no Canadá!

Ainda não terminou a exibição da primeira temporada mas Flashpoint já garante seu segundo ano. A série, que mesmo durante as transmissões dos jogos Olímpicos manteu a audiência, ganhará em 2009 novos episódios.



Nota do Revista TV Séries: CTV renova Flashpoint

"Como já estava previsto, o canal canadense renovou Flashpoint para uma segunda temporada. Serão mais 13 episódios a serem produzidos. As filmagens terão início em 2009.

Co-produzida pela rede CBS, Flashpoint gira em torno das atividades de um grupo de elite de Toronto. A série tem conseguido manter uma média de audiêcia semanal de 7 milhões de telespectadores nos EUA e de 1.7 milhões no Canadá, mesmo durante as transmissões dos jogos Olímpicos."

3 de set de 2008

Amy Jo em entrevista com Murtz Jaffer

Mais uma nova entrevista traduzida com a Amy Jo Johnson.
No início de agosto, ela foi a convidada de Murtz Jaffer no Primetime Pulse!
Confiram:

"Exclusivo: Murtz entrevista a atriz de Flashpoint Amy Jo Johnson"

Murtz Jaffer: Deixa eu começar dizendo que eu sou um grande fã. Eu assisti você em séries como Power Rangers, Felicity e What about Brian. Quando eu vi que você estava fazendo Flashpoint, eu pensei na primeira óbvia pergunta: Porque essa série, porque você sempre faz o tipo de personagem namoradinha. O que acontece nessa série?

Amy Jo Johnson: Eu dei uma parada quando eu viajei e realmente não sabia se eu queria voltar a trabalhar de novo, mas eu sabia que se eu fizesse, queria fazer uma série que meu pai fosse gostar. Eles me chamaram para entrevista da série e eu li o roteiro, o roteiro era ótimo e eu fui, encontrei com todo mundo e era um grupo de pessoas muito bom e então eu resolvi fazer pelo meu pai.

MJ: Você trabalhou no treinamento com coisas mais físicas? Porque eu descobri que tem uma certa similaridade entre coisas que você já fez e então isso é meio fora do caminho, então você teve que treinar muito?

AJJ: Eu estive em ótima forma (risos). Ano passado eu fiz muita yoga e muito...

MJ: Ahh mas yoga não conta!!

AJJ: Sim... mas eu fazia odiando yoga. Isso não importa. Então, graças a Deus eu estava fazendo isso porque agora estou em boa forma e como você disse é a parte mais difícil fisicamente que eu já encarei.

MJ: O que induziu você a esses dois anos de pausa?

AJJ: Eu já estava exausta. Eu não sabia se realmente queria voltar. Eu fui pro Vietnam, fui pra África. Eu viajei ao redor do mundo. E um dia estava pronta. Coloquei minhas coisas num depósito, entrei no meu carro com minha cadela e viajei cruzando o país e deixei Los Angeles. E então eu fiz um filme em Montreal, que eu realmente adorei. Eu gostei muito de Montreal e meio que fiquei bastante lá. Eu já estava esgotada com toda a cena. Eu não sei, eu estava pronta pra voltar.

MJ: Você disse que está adaptando sua residência no Canadá. Então, o que tem no Canadá que tanto te agrada?

AJJ: Bem, mais porque eu achei um lar que realmente gostei. Um lugar em Montreal. Eu conheci um cara lá. Na verdade eu estou grávida de quatro meses.

MJ: Ohh sério? Você já fala Francês?

AJJ: Não, mas ele fala. Ele é Francês–Canadense. Eu estou no processo de aprender. Mas é uma língua difícil. Acho que porque ele é Canadense eu vou ter minha residência lá, mas manterei minha cidadania nos EUA é claro.

MJ: O assunto importa numa série com essa dificuldade? Eu lembro mais ou menos dos seus personagens sempre sendo como ‘oh ele gosta de mim, ele não gosta’ e agora você está lidando com coisas muito maiores enquanto seu personagem anda. Você já pensou que essas coisas que você está fazendo na série são mais difíceis?

AJJ: Na verdade não, eu acho muito ao contrário. Esse correndo em volta com armas dizendo ‘policia... mãos ao alto!’ Esse é o tipo de coisa que pra mim é fisicamente mais difícil, mas é menos emocionalmente. Eu na verdade gostei um pouco mais da atuação inteligente de ‘What About Brian’. Eu estava gostando de entrar na comédia e fazer aquilo tudo. Era meio que minha oportunidade e eu amei, então isso é um pouco diferente pra mim, mas eu estou curtindo. Mas eu não encontro muita atuação acontecendo.

MJ: Isso é interessante, porque quando eu assisti um clipe da série, eu vi um cara segurando uma arma contra seu refém e isso é muito mais forte emocionalmente certo?

AJJ: Oh sim é muito intenso e correndo com armas. É muito físico.

MJ: Ao invés de se preocupar ‘como eu sinto?’

AJJ: Exatamente. Não é tocante-sentimental. Mesmo que a série vá às emoções desses policiais, mas ao mesmo tempo é um pouco menos pra mim, porque é menos memorização. Não tem muito diálogo sabe?

MJ: Por que você acha que uma série como What About Brian não funcionou, porque eu pensava que essa série tava com tudo.

AJJ: Eu gostava também. Eu amava minha personagem. Acho que é difícil porque era uma série sobre um cara com mais ou menos 30 anos. E esse tipo de série é mais voltada pra mulheres. Mulheres gostam mais desse tipo de série.

MJ: Então você acha que se fosse uma mulher com seus 30 anos, teria tido mais sucesso?

AJJ: Talvez. Nunca se sabe. Nunca se sabe.

MJ: É verdade, porque os caras não assistem pensando ser uma série pra garotas. E as garotas não conseguem se identificar. É um bom ponto. Porque as pessoas devem assistir “Flashpoint”? Tem alguma coisa que defina ela? Quando você está no set, meio que você sabe se será uma boa série?

AJJ: Eu não sei se será uma boa série. Eu acho que o jeito que é filmado e os atores convidados que eles têm na série são fantásticos. Eu acho que o roteiro é realmente muito bom. Acho que tem uma chance de ser uma série muito boa. Eu vi o piloto e ele estava maravilhoso e está melhor agora. Nós veremos como as pessoas respondem a ela, mas eu na verdade, pessoalmente, não vi inteira, uma série com minha personagem nela e tudo mais. Eu só vi o piloto que eu sei que eles tem mudado muito. Os produtores, os diretores, tem muito coração nisso e se sente que tem o potencial de ser uma coisa realmente especial.

MJ: Você pode me dizer mais sobre sua personagem Jules Callaghan? Ela é uma garota durona? Um dos caras?

AJJ: Bem, ela é a única garota. Ela é muito durona em ser parte da equipe. Em ser uma atiradora. Ela faz rapel. Qual foi sua pergunta mesmo?

MJ: Obviamente a pergunta que todo mundo vai fazer, se ela é a única garota, tem que ter um romance na história, em algum ponto?

AJJ: Oh vai ter alguma coisa meio que desenvolvendo é claro.

MJJ: Então quando eu te perguntei antes se era totalmente diferente das suas outras séries, acho que em uma proporção...

AJJ: Bem, eles já estão começando a lançar isso e que eu estou excitada porque agora eu estou começando a ter cenas que são mais meu tipo.

MJ: O que há no futuro? Já estão empacotando?

AJJ: Não, não, não. Estamos filmando o episódio 13.

MJ: Perfeito então, obrigado.

Flashpoint vai ao ar todas as quintas às 10 da noite.
Tradução by Talita

Últimas postagens: