15 de ago de 2010

Amy Jo Johnson fala ao "The New Paper"

Hoje trazemos uma entrevista inédita, que a Amy Jo Johnson concedeu no final do ano passado ao "The New Paper", o maior jornal do Cingapura. Dentre outras coisas, Amy fala sobre o projeto de um livro e de sua dedicação por Francesca, que não tem babá.

Confiram a tradução e um scan da página com a matéria:

"PEGUE O PAPEL NA TV, COM BEBÊ OU SEM BEBÊ”.

Graças ao noivo de Amy Jo Johnson, ela aceitou o papel de atiradora na série de sucesso mesmo com a gravidez.

Dezesseis anos e 28 papéis depois, a atriz Amy Jo Johnson é parada na rua com a pergunta: 'Ei, você não era a Ranger Rosa?

Isso é de se admirar, considerando o grande número de filmes e papéis na TV que ela fez desde então, incluindo duas temporadas no elenco principal da agradável série Felicity como a violonista Julie Emrick.

Mas a Power Ranger rosa ela não é mais, graças ao seu novo papel em Flashpoint, um drama policial canadense baseado na unidade de polícia tática. A série foi um grande sucesso que foi levada aos Estados Unidos para ir ao pela emissora CBS entre os horários de Ghost Wisperer e Numb3rs. É exibida aqui no Universal Channel (StarHub Ch 99), nas quartas feiras às 21Hrs.

Em sua nova atuação, Amy Jo Johnson, não está usando uma roupa rosa brilhante, mas ela continua detonando como a atiradora Jules Callaghan.

Falando ao The New Paper pelo telefone de sua casa em Massachussets, Johnson disse que por muito pouco não aceitou o papel quando descobriu que estava grávida. “Quem faz uma série como essa estando grávida?” Diz ela rindo.

Mas suas restrições foram rejeitadas pelo seu noivo Olivier Giner que a encorajou a pegar o novo trabalho. "Eu não atuava em séries por dois anos e estava desejando fazer alguma coisa e ele me disse que eu deveria pegar, com bebê ou sem bebê”.

EXAUSTA

Mas como esconder uma barriga de grávida, enquanto usa um uniforme da polícia? Usando coletes a prova de balas e carregando pesadas armas de fogo o tempo todo.
Mas enquanto a barriga era facilmente disfarçada, sua exaustão não era.

“Foi realmente um grande desafio, filmar enquanto se estava de cinco, seis meses de gravidez.” Ela diz. Amy Jo deu a luz a uma menina, Francesca em Dezembro do ano passado.

Sobre a maternidade Johnson diz: “É a experiência mais surpreendente e fantástica que eu já tive” – Ela também diz: “É realmente muito bom, eu sempre quis ter uma menina e brincar de casinha”.

E ela fala sério sobre brincar um pouco de casinha. – Johnson e seu noivo não têm uma babá e não têm intenções de contratarem uma, mesmo que a mamãe tenha voltado ao trabalho e o papai seja um empresário. “Nós fazemos tudo, nós mesmos” ela disse. “Tem sido ok até agora, então acho que vamos continuar assim.”

Quando as notícias do nascimento foram anunciadas em sites como o Celebrity Baby Blog, choveram parabéns de internautas com habituais referências aos seus dias de Power Rangers. Ela ri agora sobre isso, mas ela já teve vergonha, dizendo ao canal musical VH1 que ela “Nunca viveria assim”. Mas desde então, Johnson tentou ramificar-se em outras coisas, especialmente na música. Ela já lançou dois álbuns, The Trans-American Treatment (2001) e Imperfect (2005). Uma de suas músicas também foi usada em Flashpoint.

Mas agora, Johnson diz que está experimentando ser escritora.

Quando ela deu um tempo na atuação, antes de Flashpoint, ela escreveu um “exposé” com revelações de seu tempo como atriz em Los Angeles. Mesmo que o romance esteja pronto, ela disse que não será publicado em breve.


“O livro é incrivelmente pessoal, então eu decidi não prosseguir com ele muito longe”. O romance, ela diz, explica suas razões de deixar Los Angeles em 2007, quando ela ficou “cansada da cena”.

Mas podemos ser capazes de ver o seu nome em um livro algum dia. Johnson diz que ela pode escrever outro livro, mas promete que será completamente “ficção”.
E ela diz que não descartou a possibilidade de publicar o livro que conta tudo. “Talvez daqui a dez anos quando as pessoas não se importarem tanto”.

Tradução by Talita.

0 comentários:


Últimas postagens: