Tudo sobre o Never Broken:

Acesse nossa página especial dedicada ao terceiro álbum da Amy Jo Johnson.

Review sobre o curta Bent:

Confira a tradução da review escrita por Sherryn Daniel para o primeiro curta-metragem da Amy Jo.

Tudo sobre Flashpoint:

Acesse nossa página especial sobre a série com galeria de fotos e guia de episódios.

Perfect Body no Netflix Brasil:

O filme agora está disponivel aos assinantes da Netflix no Brasil, saiba mais.

The Space Between:

O site oficial do primeiro longa-metragem de Amy Jo como cineasta já está no ar! Clique na imagem e confira:

31 de dez de 2011

Feliz ano novo!

Dedicamos este wallpaper a todos os fãs da Amy Jo Johnson que participaram, ajudando, comentando e curtindo nossas publicações ao longo de 2011. Você são demais! Obrigada por seu apoio e estamos contando com a presença de vocês aqui no Amy Jo Brasil nesse ano novo. Feliz 2012!
 


30 de dez de 2011

13th Street entrevista Amy Jo Johnson

A quarta temporada de Flashpoint, que terminou esse mês no Canadá, chega a Austrália, e para promover a estréia dessa temporada, o canal "13th Street Universal" publicou essa semana, uma entrevista  com uma das estrelas da série, a nossa Amy Jo Johnson.

Confiram a tradução:

 

 FLASHPOINT: 

Perguntas e respostas com Amy Jo Johnson:





"De seu primeiro papel de destaque como Kimberly Hart, a Ranger Rosa em Mighty Morphin Power Rangers, aos papéis aclamados pela crítica em Felicity e outros, Amy Jo Johnson encontrou sua casa como Jules Callaghan na série canadense, Flashpoint. A série de televisão sobre uma equipe tática especial que resgata reféns, prende gangues, desarma bombas e leva outros casos difíceis, continua em 2012 com a quarta temporada. Amy Jo Johnson conversou com "13th Street" sobre a série e a vida por trás das cenas do drama policial explosivo".
 
Descreva a série para alguém que nunca tenha visto Flashpoint:

AJJ: É uma série policial que vem a partir da perspectiva de um policial. Flashpoint realmente mostra a humanidade pela qual os oficiais têm que passar, lidando com seu trabalho. Nós não somos apenas policiais ou atiradores. A série realmente vai dentro da experiência humana das pessoas com o uniforme.

O que os telespectadores podem esperar da quarta temporada?

AJJ: No início da terceira temporada parecia que estávamos ficando sem histórias. Quero dizer, existem apenas bastante histórias de refém que você pode fazer. Assim, os escritores e produtores realmente tiveram que se colocar em um grupo de reflexão e trabalhar extra e pesado para a a quarta temporada e para mim essa temporada, como atriz e pessoalmente, tem sido a melhor já escrita e as melhores histórias até o momento. Quando você tem que pensar de maneira diferente, fica melhor. Estou muito orgulhosa do que temos filmado e espero que o público veja isso também.

FLASHPOINT é a série mais longa em que você já ficou desde o início. Porque você acha que ela é? Você ainda está gostando de trabalhar na série?

AJJ: Tem sido uma verdadeira revolução, ela mostra como isso tem sido para mim. O primeiro ano eu estava grávida e encontrei de muitas formas uma nova vida, morando no Canadá... O segundo ano eu tive meu bebê e me senti mais forte por causa disso. O terceiro ano eu meio que me estabeleci um pouco e no ano passado foi realmente incrível, alegre e divertido, então estou realmente ansiosa para a quinta temporada.

O final da terceira temporada de Flashpoint configurou algumas histórias interessantes para a quarta temporada - essas histórias foram trabalhadas?

AJJ: Elas realmente foram, e elas são histórias que correm ao longo da temporada inteira. A maioria das emissoras gostaria de ter uma série policial contida dentro de um episódio para os espectadores que não a acompanham. Mas os fãs querem ver os personagens até o fim. Como ator você quer ter um enredo. Na quarta temporada, eles entraram com  mais de histórias de fundo em nossos personagens que, como ator, torna o trabalho mais interessante também. Mas, sim eles realmente trabalham com os suspenses que foram apresentados no final da temporada 3.

O que te atraiu para Flashpoint?

AJJ: Eu não estava no piloto original, mas quando cheguei e entrei, eles me mostraram o original e eu fiquei agradavelmente surpreendida e orgulhosa do trabalho que eu tinha conseguido, porque era tão bem escrito e teve muito coração e muita humanidade nele. Eu sinto que cada episódio é assim. É um dos melhores empregos que já tive. Não só pelo lado criativo, mas pelo lado pessoal, as pessoas com quem eu estou trabalhando se tornaram uma família para mim. Eu sinto que eu estou trabalhando com pessoas muito, muito especiais. Isso só acontece em um número de vezes em sua vida. Este é um daqueles momentos em que eu tenho que saborear o momento, porque eu me sinto muito especial.

Agora, é verdade que você se mudou para Toronto por causa da série?

AJJ: Foi o impulso. Quando a primeira temporada acabou eu pensei em ficar, porque me apaixonei pela cidade e eu tive uma menina e eu acho que é um lugar fantástico para ela. Eu era uma espécie de cigana antes. Eu estava morando em Montreal e não sabia para onde ir depois. Eu acho que eu encontrei minha casa em Toronto.

Você é a única "não-canadense" que trabalha em tempo integral na série...

AJJ: Eu me mudei para Montreal dois anos antes da audição para a série, foi apenas um tipo de mudança na minha vida. Eu estava morando em Los Angeles por 15 anos antes disso. E então eu me tornei uma cigana. Eu dirigi pelas fronteiras do país e fiz filme de uma semana em Montreal e eu estava tipo "oh, eu gosto daqui". Eu já tinha começado o processo de passar pelas coisas da imigração somente para me tornar uma residente permanente por mim mesma. Isso ajudou a solidificar a minha situação.

Então você chama a si mesma de canadense agora?

AJJ: Ah e eu sou. Meu marido é, minha filha é. Isso é engraçado... Quando eu deixei Los Angeles e peguei estrada para descobrir quem eu era, todos os meus amigos estavam dizendo "quem deixa Los Angeles e consegue uma série em outro lugar?" (Risos). Quem faz isso? É apenas um tipo de acontecimento. Na época, eu decidi que queria parar de atuar... Estava satisfeita com isso e eu fui embora. Então eu venho para o Canadá e consigo um papel realmente grande.

O papel de uma vida?

AJJ: Sim, é como isso foi (Risos).

Agora vamos falar sobre alguns de seus co-estrelas de Flashpoint. Em vinte cinco palavras ou menos o que você pode-me dizer sobre... Hugh Dillon, que faz o papel de Ed Lane:

AJJ: Ele tem muito coração e ele é um dos meus melhores amigos no mundo. Ele é hilário, uma das pessoas mais engraçadas que eu já conheci.

Enrico Colantoni, que faz o Sargento Greg Parker:

AJJ: A pessoa mais profunda que eu já conheci. Ele é um professor tão grande e é uma bênção estar com ele. Ele é também um dos homens mais doces que eu já conheci.

Michael Cram, que faz o Kevin Wordsworth:

AJJ: Na verdade, estamos fazendo um show juntos. Eu vou tocar violão, ele vai tocar guitarra e cantar. Ele é hilário. Muito neurótico, mas incrivelmente hilário.

David Paetkau, que interpreta Sam Braddock:

AJJ: David se tornou como um irmão para mim. Eu me tornei uma grande amiga de sua esposa, e nossas famílias são grandes amigas. Ele é um vizinho, ele mora apenas dois quarteirões de distância.

Falando sobre David, o final da terceira temporada deu dicas que a relacionamento entre seus dois personagens poderá esquentar de novo. Existe mais vindo na quarta temporada?

AJJ: Eu não quero contar muito sobre o que acontece... Mas a quarta temporada definitivamente dá conta do nosso relacionamento amoroso.

Você gosta de interpretar as cenas românticas?

AJJ: Oh, com certeza, quando você está sempre correndo por aí com armas gritando "Pare, Polícia!" é sempre refrescante pegar um script onde você começa a ter contato com alguém, a ser humano e conversar. É sempre bom como ator. Gostei muito desse enredo.

Depois de interpretar uma policial na TV, você se sentiria confortável fazendo a prisão de cidadãos na vida real?

AJJ: Sem chance, eu definitivamente não. (Risos) Mas David (que interpreta o par romântico e companheiro de Amy na série, Sam) quase fez isso cerca de um ano atrás. Eu juro. Ele saiu de seu apartamento e viu uma velhinha ficando assaltada. E gritou "Pare Polícia" e perseguiu o cara na rua. Acho que ele deixou cair a bolsa, e foi correndo, mas ele se esqueceu completamente quem ele era e ele estava no personagem. Eu não sei se isso iria acontecer comigo.

Você tem tido uma seqüência incrível de trabalhos como atriz, mas é interessante olhar o seu site oficial que fala apenas sobre sua música e arte. Não existe nenhuma menção de sua atuação nele. Por que isso?

AJJ: Eu sei, porque eu tenho essa coisa onde na Internet, eu não quero que ninguém realmente me conheça. Eu me sinto uma pessoa muito privada, então eu coloquei minha música lá. É como um tipo de diário. Eu acho que a atuação vai cuidar dela mesma, da maneira que ela quiser. Eu não me sinto como promovendo a mim mesma como atriz, porque esse é o meu sustento. É uma sensação estranha, mas é como "Aqui está a minha música, essa sou eu".

Sendo uma pessoa privada, é estranho compartilhar parte de si mesma ao mundo através de sua música?

AJJ: Realmente, e você sabe que eu escrevi um romance alguns anos atrás, que era tão pessoal que eu nunca decidi publicá-lo. E então eu estou escrevendo um roteiro agora que eu realmente quero dirigir e é tão pessoal. Eu estou compreendendo que atuar é tão seguro que tudo que você tem que fazer, é ir conseguir um trabalho e eu posso me esconder atrás das palavras de alguém. Quando se trata de minha própria arte e criatividade e do que eu realmente quero mostrar, eu não posso fazer qualquer coisa. Eu sou uma criatura honesta, eu não sei o que o futuro trará com isso. Eu não sei o quanto eu posso dar. Se eu estou indo criar alguma coisa, isso realmente iria ser somente "eu".

Finalmente, alguma pista sobre o que teremos na quinta temporada?

AJJ: Eu gostaria de saber... Eu não tenho idéia. Espero que eu esteja lá, nunca se sabe!

O canal 13th Street Universal exibe Flashpoint  todas as terças às 8:30 pm.

25 de dez de 2011

Feliz Natal!

Um "Feliz Natal" repleto de luz e felicidade a todos os fãs da Amy Jo Johnson ao redor do mundo. Merry Christmas!


24 de dez de 2011

Rapidinhas:

1. Se depender da audiência, o público canadense considerou mesmo o episódio "Priority Of Life" como o verdadeiro season finale da quarta temporada de "Flashpoint". 

O episódio que mostrou Jules correndo risco de vida, deixou a CTV em primeiro lugar, fazendo a  Global  que exibia a série NCIS: Los Angeles, ficar em segundo. Já o contrário aconteceu com o último episódio, "Slow Burn", que acabou ficando em segundo lugar perdendo para a Global que exibia a série Glee. O sucesso de "Priority Of Life" foi mais que merecido: grandes atuações, uma história tocante e Amy Jo Johnson mostrando todo o seu poder de atuação. 

2. Com o fechamento da quarta temporada de "Flashpoint" esse mês, começamos a aguardar pelo que virá na próxima temporada. As gravaçoes da série voltam em Fevereiro em Toronto e serão mais 18 episódios para 2012. Os episódios já estão sendo escritos e já foi anúnciado um grande episódio para Jules para ir ao ar logo no começo da temporada.

3.  Os atores que fizeram parte do elenco de "Felicity" também estão no twitter e a Amy está seguindo eles: @Amanda_Foreman, @scottkfoley, @scottspeedmans, @greggrunberg, @donald_faison, @tangimiller e @IBGomez. O último tweet da Amy  foi para Amanda Foreman, que havia escrito para a Amy: "Eu estou com saudades". Amy respondeu: "Estou com saudade de você também menina...você estará vindo para Toronto em breve?".

4. A Band continua exibindo "Mighty Morphin Power Rangers". A partir dessa segunda-feira, a emissora dará início a segunda temporada da série com o episódio "O Motim", que mostra a chegada de um novo vilão, Lord Zedd. Continuam sendo exibidos 2 episódios por dia de segunda a sexta, às 9:15 da manhã e às 2:15 da tarde.

21 de dez de 2011

MTV Movies: "Os 5 atores que queremos em Missão Impossível"

Com a estréia do novo filme da série Missão Impossível, que é produzido por JJ Abrams, o MTV Movies Blog fez uma matéria apontando o nome de 5 atores que já trabalharam com produtor e que poderiam estar na próxima sequência do filme. Os 5 atores escolhidos pela preferência do site foram:


. David Anders: Trabalhou com JJ Abrams em "Alias". 

. Kyle Chandler: Trabalhou com JJ Abrams em "Super 8". 

. Amy Jo Johnson: Trabalhou com JJ Abrams em "Felicity" e "What About Brian". 

. Lance Reddick: Trabalhou com JJ Abrams em "Lost" e "Fringe". 

. Ron Rifkin: Trabalhou com JJ Abrams em "Alias".

A matéria explica que a possibilidade de um desses atores estarem em um dos próximos filmes existe, pois JJ Abrams costuma convidar os atores com quem já trabalhou para participar de suas produções, o que incluiu os dois filmes mais recentes da franquia Missão Impossível.

Em "Missão Impossível 3", JJ Abrams trouxe Keri Russell, com quem tinha trabalhado na série "Felicity". Nesse novo filme, "Missão Impossível 4 - Protocolo Fantasma", foi a vez do ator Josh Holloway,  que trabalhou com JJ Abrams em "Lost".

Outros exemplos aconteceram em produções de JJ Abrams para a televisão. O ator Greg Grunberg participou de "Feliicty", "Alias", "The Catch" e no episódio piloto de "Lost". A atriz Amanda Foreman também participou de "Alias" e teve um papel importante em "What About Brian".

O filme "Missão Impossível 4 - Protocolo Fantasma", estreia dia 23 de dezembro nos cinemas do Brasil.

Matéria em inglês:
http://moviesblog.mtv.com/2011/12/16/mission-impossible-ghost-protocol-jj-abrams-josh-holloway/

 

19 de dez de 2011

Entrevista ao Zap2it

O Zap2it reuniu entrevistas de três artistas, Paula Abdul, Kelsey Grammer e Amy Jo Johnson. Na parte de Amy, ela fala sobre mudança de emissora de Flashpoint e sobre como é morar no Canadá. Confiram:

> Amy Jo Johnson de "Flashpoint" no canal ION

Q: Qual é a sua opinião sobre a mudança de emissora da sua série policial "Flashpoint", da CBS para ION?

A: Eu estou feliz por ver a série continuando. Foi muito divertido e agradável estar na CBS, mas a série continua a ter a sua vida, e as pessoas ainda estão assistindo ela... E isso é suficiente para mim.

Acho que nesta temporada, o roteiro e as histórias foram as melhores que eles já fizeram. Eu realmente gostei um pouco mais dessa temporada. Jules entra em uma jornada que se resolve pelo final da temporada.

Q: O que você está achando do romance de Jules com seu companheiro de equipe, o Sam?

A: David (Paetkau, que interpreta Sam) é como meu irmão. Eu sou realmente uma boa amiga de sua esposa, e meu marido é realmente um bom amigo daquela família. É sempre como beijar meu irmão, mas é divertido ter outras coisas para fazer na série do que correr por aí com uma arma e dizendo às pessoas para elas colocarem as mãos para o ar.

Q: O que você acha sobre "Flashpoint", ter liderado uma nova onda de co-produções canadense-americanas?

A: Se este é o último ano de "Flashpoint", eu tenho todas essas outras oportunidades. Eu não estou preocupada em não trabalhar.

Q: Agora que você, seu marido e sua filha se mudaram para o Canadá, o que você está achando disso?

R: Eu realmente amo Toronto. Eu só fui para Los Angeles recentemente para ver os meus amigos, e eu gosto de lá, mas não tenho vontade de voltar. Eu gosto apenas da energia daqui de cima. Eu gosto das estações, a cultura dentro da cidade, como a cidade está contida ... Eu gosto.

Original em:

13 de dez de 2011

Flashpoint: "Slow Burn" fecha a temporada

Flashpoint exibe hoje no Canadá, o episódio de encerramento da quarta temporada, "Slow Burn". Mesmo depois do emocionante episódio "Priority Of Life", algumas perguntas ainda ficaram no ar e elas prometem ser respondidas nesse último episódio do ano.

O clima de tensão está cima de Greg (Enrico Colantoni), e o episódio também promete uma conclusão para o romance de Jules (Amy Jo Johnson) e Sam (David Paetkau). O episódio inclui aparições especiais da Donna (Jessica Steen) e Wordy (Michael Cram).

Na época da gravação do episódio Mark Ellis chegou a publicar fotos dos bastidores que podem ser vistas aqui.

Sinopse:
Enquanto espera pela decisão de Parker, e também para ouvir se Sam e Jules serão colocados em equipes separadas por causa de seu relacionamento, a equipe enfrenta uma situação explosiva que empurra Parker ao seu ponto de ruptura emocional.

12 de dez de 2011

Flashpoint: A escolha de Sam














Spoilers:

O que dizer do episódio "Priority of Life"? Ele foi sofrido, intenso, tocante, marcante e, sem dúvidas, o melhor episódio da quarta temporada. Jules nos deixou orgulhosos por tudo que tentou fazer como negociadora, por todos aqueles momentos que ela fez lagrimas escorreram de nosso rosto através de seu sofrimento. Ela estava ali, caída, e nos seus olhos víamos o seu pedido socorro, esperando que tivesse a chance de ser salva.

Sam teve que enfrentar a difícil escolha entre salvar Jules, ou salvar a refém, presas em uma sala com risco de contaminação. Salvar Jules, poderia leva-los a demissão e colocar seus empregos em risco para sempre, já que haveria a quebra do "código de prioridade de vida". Não salvar a Jules, poderia fazer ela perder a vida, já que além de ela estar ferida, o tempo estava se esgotando e a contaminação na sala do laboratório estava para acontecer.

Por fim, a escolha de Sam prevaleceu como uma verdadeira prova de amor. O olhar que Sam transmitiu para Jules, trazia o mais sincero dos sentimentos e as 3 palavras ditas por ele, simplificaram tudo: "Eu te amo".

A atuação da Amy foi digna de um Gemini Awards. Ela deixou o público com o coração na mão, levou os fãs ao desespero e teve uma de suas melhores atuações dentre todos os episódios da série. Impressionante como ela consegue surpreender e nos emocionar mais a cada temporada.

Parabéns Amy Jo Johnson. David Paetkau, Mark Ellis e a todos os responsáveis pela explosão de sentimentos vista nesse grande episódio de Flashpoint.

7 de dez de 2011

E agora, Jules?

Hoje vai ar no Canadá o episódio mais aguardado da quarta temporada de Flashpoint, "Priority Of Life". O episódio deve definir questões importantes e promete deixar os fans da Jules e Sam emocionados.

Spoilers:

Com a Jules (Amy Jo Johnson) correndo perigo e o risco eminente de uma demissão, o episódio já tem sido visto como um verdadeiro "season finale", mesmo ainda faltando mais um episódio para a temporada acabar. 

O relacionamento de Jules e Sam (David Paetkau) vai ser descoberto e  terrivel Doutor Toth (Vitor Garber) está de volta, colocando a cabeça de Greg na guilhotina, já que ele sabia do envolvimento amoroso dos dois. 

Um chamado urgente de um laboratório químico, leva a equipe a uma missão de risco e a vida de Jules está em perigo depois de uma explosão, deixando Sam em uma situação complicada, já que ele terá que decidir se respeita ou não o "código de prioridade", onde se deve salvar primeiro a vida dos reféns e depois a vida dos policiais.

Como o segredo do casal será descoberto? Greg será punido? Jules e Sam demitidos? Jules irá sobreviver? Sam irá salva-lá? Qual será a prioridade de vida? É hoje, em ""Priority Of Life" na CTV.

5 de dez de 2011

Flashpoint Promo: "Priority of Life"

Está chegando a hora de sabermos o que acontecerá com a nossa Jules, no explosivo episódio "Priority of Life". Confiram a promo que está sendo exibida na CTV e cruzem os dedos, por que dessa vez o futuro da Jules está por um fio :


Sinopse:

Quando Greg (Enrico Colantoni) é confrontado com ordens para demitir, a equipe responde a uma chamada terrível em um laboratório químico, obrigando Sam (David Paetkau) a tomar uma decisão que coloca a vida de Jules (Amy Jo Johnson) em risco.
 

Últimas postagens: