Tudo sobre o Never Broken:

Acesse nossa página especial dedicada ao terceiro álbum da Amy Jo Johnson.

Review sobre o curta Bent:

Confira a tradução da review escrita por Sherryn Daniel para o primeiro curta-metragem da Amy Jo.

Tudo sobre Flashpoint:

Acesse nossa página especial sobre a série com galeria de fotos e guia de episódios.

Perfect Body no Netflix Brasil:

O filme agora está disponivel aos assinantes da Netflix no Brasil, saiba mais.

The Space Between:

O site oficial do primeiro longa-metragem de Amy Jo como cineasta já está no ar! Clique na imagem e confira:

24 de mai de 2012

No twitter, Amy deixa recado para nosso fanclube

Não temos palavras para expressar o que sentimos quando a própria Amy Jo Johnson respondeu a uma mensagem enviada por nós pelo twitter. Junto com a mensagem, tínhamos enviado um poster de "Crazier Than You" produzido pela Talita e a resposta veio no dia seguinte:














"AmyJoBrasil, é lindo :-) Eu estou tão animada por esse projeto! Ele irá levar alguns anos. Então sejam pacientes:-)"

Essa é mais uma conquista nossa, fãs brasileiros e internacionais que participam e contribuem com "Amy Jo Brasil". Amy pela primeira vez respondeu um fã/ fanclube e foi justamente para nós. O "Amy Jo Brasil" representa cada um de vocês que estão aqui comentando, visitando, ajudando, no facebook, no twitter, Amy merece nosso apoio cada vez mais.

Para visualizar o poster que a Amy chamou de lindo, cliquem aqui. Assim como está escrito no poster, não temos dúvidas de que Christine irá inspirar...
 

23 de mai de 2012

Amy Jo Johnson lançará nova música em "Flashpoint"

A última temporada de Flashpoint trará uma novidade para os fãs: Uma música inédita de Amy Jo Johnson na trilha sonora. Amy irá escrever a canção especialmente para a série.

A movimentação pelo twitter vinha acontecendo a mais de uma semana, com os fãs pedindo uma música da Amy na nova temporada, ao produtor Mark Ellis. Até que, na última quinta-feira, a própria Amy escreveu um tweet dizendo ao Mark que ela poderia escrever uma nova música para a série. O pedido de Amy foi seguido de inúmeras mensagens dos fãs que levaram Mark a dizer no twitter: 

"@_AmyJoJohnson Eu estou inundado de pessoas que querem ouvir você cantar. Vou te mandar uma mensagem". 

Nós que participamos da campanha, ficamos muito felizes com tudo que aconteceu e mais felizes ainda com ajuda, dedicação e o apoio incondicional dos fãs. Deixamos aqui, nosso carinho e admiração a Mark Ellis, que foi um exemplo de produtor executivo durante toda a produção da série, sempre atencioso, honesto, inteligente e nunca decepcionando os fãs.

Ouvir as outras duas músicas da Amy na série, que não eram inéditas, "Dancing In-Between" e "Goodbye", já foi emocionante. Imaginem agora, depois de tantos anos, uma música totalmente inédita. É mais um dos motivos para estarmos ansiosos para a estreia da última temporada dessa série, que já é inesquecível.
 

19 de mai de 2012

Amy divulga foto do script de "Crazier Than You"

Nos últimos meses, Amy Jo Johnson vem conciliando as gravações de Flahspoint com um projeto pessoal de um filme sobre a vida de sua mãe, Christine Johnson. O projeto, até então, não tinha um nome. 

Passando a utilizar o Instagram para compartilhar fotos no Twitter, Amy mostrou em primeira mão aos fãs, uma foto do script do filme com o título de "Crazier Than You", o mesmo nome de sua música lançada no CD The Trans-American Treatment. Essa música foi inspirada na história de sua mãe.

Junto com a foto do script, Amy escreveu que esse é o seu papel  dos sonhos e que o diretor dos sonhos para o seu filme é o também ator, Mark Ruffalo.

 


















Amy Jo Johnson no Instagram:
 
Amy tem postado diversas fotos no Instagram, inclusive a foto de um livro fotográfico que ela mandou fazer para presentear o elenco e equipe de Flashpoint. Foram 100 livros produzidos pela Somerset Albums. Ela também postou fotos com o elenco e recentemente uma foto de David Paetkau, que agora está no twitter em @David_Paetkau.

O link direto do Istagram da Amy pode ser acessado aqui.

Bastidores: Mini-Jules no set de Flashpoint

As gravações de Flashpoint continuam em Toronto e alguns fãs, muito sortudos, conseguem ter a honra de tirar uma foto com alguem do elenco ou registrar algum momento importante. 

A fã Helena Chow viu a movimentação de câmeras em frente ao prédio onde ela trabalha e conseguiu registrar uma cena curiosa: A pequena filha da Amy, Franscesca, vestindo uma roupa de Jules e de mãos dadas com mãe  no set de filmagens.


















Ela também conseguiu uma foto ao lado de Amy Jo Johnson, que pode ser vista aqui.

16 de mai de 2012

Amy Jo Johnson na festa da revista Hello

No último dia 10, Amy Jo Johnson esteve na festa da revista canadense "Hello", que foi organizada para celebrar a edição especial com as 50 pessoas mais bonitas do Canadá. O ator David Paetkau, que faz o papel de Sam em Flashpoint, foi nomeado e acompanhou Amy na festa.

O @FlashpointTeam1 divulgou duas fotos da Amy. Na primeira foto, David e Amy aparecem com o ator AJ Buckley, amigo pessoal de David, e que fará uma participação especial em um dos novos episódios de Flashpoint. Na segunda, ela está sozinha e sorrindo. As gravações de Flashpoint seguem em Toronto e ainda faltam 4 episódios para serem gravados.




13 de mai de 2012

Happy Mother's Day!

Hoje é aquele dia mais do que especial para Amy Jo Johnson,o Dia das Mães! Deixamos aqui nossa homenagem a ela que a cada dia cumpre seu papel educando, cuidando e amando nossa querida Fransceca Christine, e a todas as mães ao redor do mundo.  
 
Ser mãe:

"Eu estava esperando a minha vida inteira pelo dia em que eu descobri que estava grávida. Realmente foi um sonho de uma vida que finalmente se tornou realidade."

"Eu só tinha conhecido (o pai do bebê) há mais ou menos quatro meses! Então, eu estava um pouco nervosa pela aventura que nós dois estávamos embarcando juntos como estranhos. Mas a minha fé na vida é tão grande quanto a montanha mais alta e eu sabia que não importava o que acontecesse, eu estava no lugar certo, fazendo a coisa certa."

"Acho que não só ter um bebê, mas estar em um relacionamento comprometido com alguem, é como segurar um espelho gigante para você ver todas as suas coisas bonitas e feias, das quais  eu sou 100% grata."
 
"Eu tinha sido focada em mim mesma e em minha criatividade por mais da metade da minha vida - ok, vamos enfrentar isso, toda a minha vida - e de repente eu tinha essa pequena pessoa na minha frente que precisava de mim tanto quanto eu sempre precisei de mim mesma. Então, deixei acontecer."
 
Amy Jo Johnson - Bamboo Magazine (Jan/2012)

12 de mai de 2012

Tiger Eyes nas telas do Montclair Film Festival

A exibição do flime "Tiger Eyes" no Montclair Film Festival foi especial pela presença da autora Judy Blume e de seu filho, o diretor Lawrence Blume. Judy atendeu os fãs e autografou livros no hall de entrada do festival. Junto com seu filho, Judy  também deu uma coletiva de imprensa, respondendo a várias perguntas. 

Confiram a matéria do site Northjersey.com.

"Montclair Film Festival exibe Tiger Eyes, com participação de Judy e Lawrence Blume"

Não é incomum para um diretor de cinema dizer que assim que leu um livro, ele sabia que queria fazer uma versão cinematógrafica para ele. É um pouco mais incomum quando o livro em questão foi escrito pela mãe do diretor do filme.

Quando era adolescente, Lawrence Blume leu o livro de sua mãe Judy Blume, "Olhos de Tigre", e imediatamente pensou que ele daria um bom filme.

Disse Lawrence Blume, "De todos os seus livros, este foi o que mais se aproximou do meu coração e de minha própria experiência. Eu imediatamente pensei: Eu quero fazer disso um filme. Naquele tempo em sua vida, ele disse que nem ao menos sabia que poderia se tornar um um cineasta.

Judy Blume é o autora de 28 livros, incluindo "Are You There, God, It's Me, Margaret" (1970), um dos primeiros livros que assumiram questões da puberdade para as meninas como a compra de um sutiã e começo da menstruação. Outros romances conhecidos para crianças e adolescentes incluem "Tales of a Fourth-Grade Nothing" (1972) e"Forever"(1975). Judy Blume é também o autora de três best-sellers para adultos. Ela ganhou 98 prêmios, incluindo o "Library of Congress Living Legends Award".

O Festival de Cinema de Montclair exibe "Tiger Eyes" pela primeira vez na área dos três estados. Ele já esteve em três festivais de cinema, e ainda não foi amplamente divulgado. No Festival de Cinema de Palm Beach, em abril, ele ganhou o disputado prêmio de "Melhor Filme".

Ter o filme exibido em Nova Jersey é especial para ambos os Blumes. Judy Blume, agora com 74 anos, viveu em Elizabeth nos primeiros 37 anos de sua vida, e Lawrence Blume morou lá até quando tinha 12 anos. Judy foi introduzida ao "Hall da Fama" de New Jersey em 2010. Perguntado se ela se considerava uma garota de Jersey, Judy respondeu "totalmente". Hoje ela vive com o marido, o romancista George Cooper, em Key West, na Flórida Já Lawrence Blume é residente da cidade de Nova York.

Em "Olhos de tigre", publicado pela primeira vez em 1981, a jovem Davey, de 15 anos, muda-se com a mãe de New Jersey para Los Alamos, no Novo México, depois que seu amado pai é baleado e morto. No Novo México, Davey conhece um menino chamado Wolf, e seus encontros com ele e seu pai doente ajudam ela a se recuperar de sua própria dor.

Um dos motivos que pelos quais o livro tocou Lawrence era que ele, assim como a heroína do livro, se mudou para Los Alamos quando criança. Em 1976 sua mãe estava divorciada de seu pai, John Blume, e nesse mesmo ano Judy casou com o físico Thomas A. Cozinhas e se mudou para o Novo México. O casal se divorciou em 1978.

"Muitas das experiências geográficas são semelhantes", disse Lawrence. "É sobre uma jovem tentando descobrir sua própria vida, em um ambiente novo, com novas pessoas. Quando eu li o livro, ele me trouxe um monte de emoções e sempre ficou comigo". Ele achou que o livro foi o mais cinematográfico de todos os romances de sua mãe. 

Quanto a trabalhar com sua mãe, que co-escreveu o roteiro, Lawrence comentou com uma risada que as pessoas lhe disseram: "Oh meu Deus, sua mãe sentada ao seu lado no set, todos os dias. Como isso funciona? Vocês vão se matar uns aos outros!".

Na verdade, explicou o diretor, foi benéfico para o processo para ter o escritor lá para voltar depois de uma cena e perguntar: "Você acha que nós conseguimos?". Judy Blume brincou com seu filho, "Vou me lembrar disso, Larry, se algum dia trabalhar juntos novamente."

No set, Lawrence chamou ela de Judy, não de mãe, porque, segundo Judy, "mãe" é como ele a chama fora do set. "Tudo o que ele disse sobre como o livro ressoou nele, nunca entrou em minha mente quando escrevi o livro," Judy disse. "Eu nem sabia até que eu vi o filme e pensei que talvez eu estava escrevendo sobre a perda de meu próprio pai.

"É sobre uma família que tem que lidar com uma crise e começar a avançar."

Embora a narradora é uma adolescente, ambos Blumes acreditam que a história é para todos. "Afinal", disse Judy, "quem experimentou a dor da perda tanto quanto um público mais velho? Tivemos recentemente um cara que se levantou e disse: Eu sou um octogenário e não me diga que isto não é filme feito para mim. Este filme é para mim".
 
Uma coisa que ajudou na adaptação de um livro que se baseia muito em fundir os pensamentos de um narrador para o formato visual do filme, foi a escalação de Willa Holland - uma atriz conhecida por interpretar Agnes Andrews na série de TV "Gossip Girls", disse Lawrence.

"Seu rosto é tão incrivelmente expressivo", observou Lawrence. "Você realmente vê e sente essa emoção quando você vê ela olhando para algo. Havia algo assombroso sobre ela.

Agradar os fãs do livro foi outro desafio para a equipe de roteiristas. Depois que o filme foi anunciado, Judy, que é uma tweeter dedicada (@ judyblume), disse que tinha um monte de comentários dos leitores.

"Recebi um tweet de um fã que dizia: É melhor o Wolf (Lobo) alimenta-la no canyon. E eu disse para Larry, Veja? Veja? Ele tem que alimentá-la. E ele faz isso", ela disse com uma risada.

Embora a história do livro ser definida na década de 1970, o filme se passa agora. Judy disse: "Eu acho que nós criamos um filme onde você realmente não sabe em que tempo é". Há pouco uso de tecnologia no filme, Lawrence explicou, e muitos dos personagens dirigem carros mais velhos - um motivo visual, observou ele, para criar uma qualidade atemporal à história.

"As pessoas são as mesmas, geração após geração", declarou Judy.

Nesse caso, o filme, tal como o livro no qual se baseia, será em torno de um longo tempo.

Fotos:
 
Judy Blume autografa livros no Montclair Film Festival
Lawrence e Judy Blume


4 de mai de 2012

Amy Jo Johnson anúncia show em Agosto

Amy Jo Johnson anunciou pelo seu twitter que fará uma nova apresentação musical em Agosto, dessa vez na cidade onde ela nasceu, Dennis, em Cape Cod, Massachusetts.

Essa será a primeira apresentação dela nos Estados Unidos desde a sua mudança para o Canadá, o que vai agradar bastante os fãs americanos. 

O local escolhido foi o tradiconal bar de vinhos de Dennis, o Harvest Gallery, que é um dos lugares favoritos da Amy na cidade. A apresentação acontecerá no dia 15 de Agosto, as 19:00h.
Amy Jo Johnson (@_amyjojohnson): "Quarta-feira, 16 de Agosto às 7 da noite! Eu estarei tocando no meu favorito bar de vinhos de minha cidade natal: Harvest Gallery! Estou animada! ;-)"
  Confiram a página do Harvest Gallery no facebook aqui.
 

2 de mai de 2012

Flashpoint: Escritores vão escrever o final da série depois de 5 temporadas

É isso mesmo pessoal, como vocês já puderam ver através do nosso twitter e dos muitos sites que espalharam a notícia, hoje foi anunciado oficialmente que a série Flashpoint chegará ao fim depois da exibição de sua 5ª temporada.

É importante enfatizar que essa foi uma decisão feita pelos próprios produtores de Flashpoint e não pela emissora CTV. Eles foram corajosos em querer terminar a série no topo, ainda sendo uma das maiores audiências da TV canadense.

Flashpoint encerrará sua produção sendo a série de maior tempo onde Amy permaneceu e onde ela recebeu o maior número de indicações a prêmios pela sua personagem. Foram 5 anos, 5 temporadas emocionantes, e a primeira série em que tivemos Amy atuando do início ao fim.

Flashpoint também termina sendo transmitida para mais de 100 países e até agora com um total de 80 nomeações incluindo Gemini Awards, Directors Guild of Canada Awards, Writers Guild of Canada Awards, ACTRA e PRISM. A série ganhou 11 premiações do Gemini Awards, incluindo a categoria mais disputada "Melhor Série Dramática".

Confiram o comunicado feito na página dos produtores no Facebook:

- Para a familia Flashpoint: 

  Hoje anunciamos para nosso elenco e a equipe que esta será nossa última temporada de FLASHPOINT. Enquanto ainda estamos no nosso ápice criativo, nós decidimos terminar a série com uma nota alta. Isso nos permite dar aos nossos fãs a satisfação de uma conclusão da série com nosso 75° e último episódio. Produzir Flashpoint nas últimas cinco temporadas tem sido uma aventura excepcional, e nós somos extremamente gratos a todos vocês por estarem conosco em cada passo do caminho. Esperamos que, ao anunciar isso agora, vocês serão capazes de desfrutar a quinta temporada ao máximo e corretamente dizer adeus a equipe junto com todos nós.

- Flashpoint Brasil:

O nosso parceiro Flashpoint-Brasil, o mais atualizado e maior fansite sobre a série no mundo todo, e que sempre acompanhou de perto tudo que aconteceu com a série, escreveu uma matéria completa, contendo todas as explicações e as palavras ditas pelos produtores e elenco sobre o anuncio de finalização da produção.

Vocês podem conferir clicando aqui.

- Comentários:

A partir desse post, estaremos abrindo o nosso sistema de comentários. Esse foi um pedido feito por vocês mesmos e que estamos atendendo agora. Fiquem a vontade para participar.  No entanto, comentários com spams, propagandas, correntes e assuntos fora do contexto da matéria ou do fansite serão excluídos, assim também como comentários ofensivos.

1 de mai de 2012

Tiger Eyes conquista público do Boston Internacional Film Festival e leva mais um prêmio

A exibição de Tiger Eyes no "Boston Internacional Film Festival", que aconteceu na semana passada, garantiu mais uma vez criticas positivas e elogios do público. 

O blog "Irreverent Psychologist" escreveu uma review sobre o filme dizendo que em seus 92 minutos de duração ficamos expostos à morte, tristeza, alcoolismo adolescente, relações de namoro, rebelião, revolta, e muito mais. Ele destacou que o filme mostra ao público uma beleza elegante de relacionamentos perdidos e achados.

Além disso, Willa Holland, que faz o papel de Davey no filme, ganhou como "Melhor Atriz" do Boston Internacional Film Festival pela sua atuação em Tiger Eyes. Willa não estava presente no anúncio. Esse é o segundo prêmio consquistado pela produção, o primeiro foi o de "Melhor Filme" do Palm Beach Internacional Fim Festival.

Tiger Eyes agora parte para o Montclair Film Festval em New Jersey, onde será exibido no dia 5 de Maio no Clairidge Cinema. A autora Judy Blume e o diretor Lawrence Blume estarão presentes na exibição. 

Falando em Judy Blume, ela concedeu uma entrevista ao programa de TV Tavis Smiley, onde falou sobre seus livros controversos e claro, sobre o filme Tiger Eyes. Confiram:


Watch Author Judy Blume on PBS. See more from Tavis Smiley.


Últimas postagens: