Tudo sobre o Never Broken:

Acesse nossa página especial dedicada ao terceiro álbum da Amy Jo Johnson.

Review sobre o curta Bent:

Confira a tradução da review escrita por Sherryn Daniel para o primeiro curta-metragem da Amy Jo.

Tudo sobre Flashpoint:

Acesse nossa página especial sobre a série com galeria de fotos e guia de episódios.

Perfect Body no Netflix Brasil:

O filme agora está disponivel aos assinantes da Netflix no Brasil, saiba mais.

The Space Between:

O site oficial do primeiro longa-metragem de Amy Jo como cineasta já está no ar! Clique na imagem e confira:

28 de mai de 2015

Lines em Boston: BDC Wire entrevista Amy Jo Johnson















Amy Jo Johnson, a Power Ranger Rosa original, está exibindo um curta em Boston:
Por Matt Juul, BDC Wire

Para muitas crianças dos anos 90, Amy Jo Johnson foi a primeira paixão da TV, como Kimberly, a Power Ranger Rosa original. Enquanto seus dias de espancar patrulheiros de massa estão muito longe, Amy Jo tem trocado seu morfador e spandex rosa por séries mais crescidas e agora esta iniciando seu trabalho como roteirista e diretora. A nativa de Cape Cod, está marcada para o Boston International Film Festival deste fim de semana com a exibição de seu curta-metragem "Lines", na quinta-feira à noite. 

Nós falamos com Amy Jo sobre fazer a transição para trás das câmeras, seus pensamentos sobre a próximo filme de Power Rangers e mais. 

BDCW: Eu tenho que perguntar, o que você achou sobre o corajoso fã filme de Power Rangers que saiu recentemente? 

AJJ: Eu adorei! Eu realmente gostei! Foi um pouco louco, sem limites e definitivamente não é para todos os tipos de público. Mas eu não sei, foi muito legal. O que você achou dele? 

BDCW: Eu achei incrível e eu adorei ver James Van Der Beek nele. 

AJJ: Eu fiquei lisonjeada. Eu estava tipo 'isso é tão legal' e a menina que interpretou Kimberly estava tão atraente e sexy. Eu pensei em como foi incrível! 

BDCW: Você acha que o reboot deve assumir um tom escuro semelhante ao fã filme ou deve permanecer fiel às suas raízes amigáveis as crianças? 

AJJ: Eu acho que ele poderia ficar no meio termo. Seria bom ele ser maduro para base de fãs antigos que cresceram com a série, mas não exagerado ou com pouca maturidade, mais na veia do que o outro filme, mas não grosseiro e rude na linguagem e violência. Qual é a equivalência de um filme que é bacana e que os pais gostam e as crianças gostam? Eu acho que há um monte deles por ai. Mesmo O Hobbit ou algo similar, ainda é maduro e as crianças podem assistir. Ou como Harry Potter

BDCW: Você nasceu em Cape Cod e seu curta-metragem mais recente, Lines, irá agitar o Festival Internacional de Cinema de Boston esta semana. Você já esteve muitas vezes na cidade ao longo dos anos e você está animada para o festival? 

AJJ: Estou bastante animada em ter filme exibido lá! Alguns anos atrás, eu tive meu primeiro curta-metragem, Bent, presente no festival e agora esse, que é o meu segundo curta-metragem. Eu sou de Cape Cod e nunca morei em Boston, mas minha irmã morou lá por um longo tempo. Eu amo Boston, é uma cidade incrível para visitar e eu amo andar na balsa. Eu tenho família em Provincetown e nós sempre pegamos a balsa. 

BDCW: Você não só é a atriz protagonista de Lines, como também escreveu e dirigiu esse curta. Da onde vem essa historia e o quanto pessoal esse filme é para você? 

AJJ: É um filme extremamente pessoal. Uma história verdadeira que aconteceu comigo cerca de três anos atrás, quando eu fui a um consultório médico para remover um sinal na pele. É exatamente como aconteceu. Eu fui lá e saí me sentindo horrível sobre mim mesma porque o médico estava tentando me convencer a fazer botox e preenchimentos labiais. Eu poderia ter saído de lá com um rosto diferente se eu tivesse sido mais vulnerável. Graças a Deus, não foi assim. Isso foi bem devastador para mim. Foi realmente chato, então eu decidi fazer um pequeno curta-metragem sobre ele.

BDCW: A cirurgia plástica está em uma grande parte de Hollywood. O que fez você decidir ir contra ela? 

AJJ: Eu vivi em Los Angeles por cerca de 15 anos e quando eu estava com 35 anos, eu saí de la. Eu estou vivendo no Canadá agora. Primeiro, eu mudei-me para Montreal e em seguida, mudei-me para Toronto. Uma das razões foi porque quando eu olhava ao meu redor, para as pessoas em seus 40 anos, todos tinham o mesmo tipo de rosto. Eu pensei que aquilo não podia tornar-se normal para mim, eu precisava me afastar. Então eu fui embora e me sinto muito mais feliz aqui, vivendo em Toronto. Eu acho que Boston não é como Los Angeles também, então acho que eu seria feliz em Boston, mas por alguma razão, Toronto parece ser a cidade certa para mim agora. Especialmente tornando-me uma cineasta, eu encontro uma cidade inspiradora e maravilhosa. Eu estou fazendo o meu primeiro longa-metragem neste verão. Além disso, fazer essa espécie de transição de atuação para a produção cinematográfica tem sido realmente refrescante para a pressão de um ator colocado para ficar parecendo jovem. Eu apenas tive que deixar tudo isso ir embora e foi demais. 

BDCW: Você fez uma ótima campanha no Indiegogo para o seu primeiro longa-metragem, The Space Between, que ganhou um apoio enorme da comunidade de fãs de Power Rangers. É louco ver o quanto esses fãs apoiam o seu trabalho fora da série depois de todos esses anos? 

AJJ: Foi absolutamente incrível. Eu sinto que eu não poderia fazer essa transição sem o apoio de todas as crianças que estão agora crescidas, em sua maioria perto do final dos 20 anos e início dos 30. Eu fiz três campanhas no Indiegogo, eu fiz uma para Lines também. Todas as três foram bem sucedidas por causa do apoio que eu venho recebendo principalmente pelas pessoas que assistiram Power Rangers há 20 anos. Na minha carreira de atriz, eu fiz Felicity e Flashpoint também, então há uma grande base de fãs dessas séries. Mas muitas dessas pessoas meio que vieram junto porque eles tem me seguido ao longo de toda a minha carreira. Eu não poderia estar fazendo isso e fazendo essa transição, sem todo esse apoio. 

BDCW: Você é uma grande voz nos filmes indies e sobre fazer um trabalho fora desse modelo de Hollywood. Você já decidiu sobre como será a forma de lançamento de The Space Between

AJJ: Eu e minha produtora Jessica Adams, ela produziu Lines comigo também, estamos meio que tentando pensar fora dos modelos. Eu nunca fiz uma turnê na Comic Con antes porque eu estive ocupada trabalhando em séries ou tendo um bebê. Então, nós estamos realmente pensando e falando sobre fazer alguns tipos de sessões do filme na Comic Con, quando ele ficar pronto. Através disso, acho que eu poderia realmente alcançar as pessoas que me apoiaram a fazer este filme. Isso não vai acontecer até o meio de 2016, porque nós temos que fazer a nossa rota de festivais primeiro e depois o percurso do cinema. Eu estou realmente animada para fazer um passeio pelas convenções. Parece apropriado para aqueles que estão me ajudando a fazer este filme. 

BDCW: Você não poderia escolher um momento melhor para entrar nessa onda da Comic Con, já que os super-heróis são uma mercadoria quente agora.

AJJ: Tudo tem seu tempo na vida, certo? E isso acontece realmente em um grande momento, já que é o 20º aniversário da série e eles estão fazendo um reboot, um novo filme. Esse é o momento de entrar para essa coisa de convenção. Eu nunca tive tempo antes e isso ainda não estava no meu radar. Então, de repente, eu estou descobrindo o que é isso e eu estou gostando, oh meu Deus, é realmente uma coisa incrível para se jogar. É o momento certo de fazer porque isso ficou tão popular agora e existem tantas séries de super-heróis e tudo mais. As pessoas que estão me ajudando a fazer The Space Between são grandes fãs do meu primeiro trabalho como uma Power Ranger, então, tudo isso faz sentido.

Matéria original em inglês aqui.

18 de mai de 2015

WIFT-T Showcase: Perguntas e respostas com Amy Jo Johnson

Women in Film & Television Showcase: 

O WIFT-T Showcase de 2015 vai começar no primeiro dia de abril - marquem isso em seus calendários! Em comemoração, estamos entrevistando os criadores dos filmes que compõem showcase deste ano. Hoje, nós estamos falando com Amy Jo Johnson, diretora do elegante e comovente filme, Lines. 

Sobre Lines: 

Escrito e dirigido por Amy Jo Johnson, "Lines" traz uma nova abordagem para o grau de como homens e mulheres vão para preservar sua beleza física. Amy Jo capta lindamente o momento, em que muitos de nós estivemos antes, quando começamos a julgar a nossa aparência e nos comparar com alguma outra versão do perfeito. O filme nos faz recordar das coisas importantes da vida e abraçar a beleza de envelhecer graciosamente e estar confortável em nossa própria pele. 

WIFT: Conte-nos sobre a criação de Lines. Como este projeto foi concebido e materializado? 

AJJ: Lines é uma história verdadeira que aconteceu comigo há alguns anos atrás. Eu fiquei tão indignada com o incidente que decidi fazer um curta-metragem sobre ele. 

WIFT: Como você quer que as mulheres se sintam depois de ver este filme? 

AJJ: Quero que elas se sintam empenhadas e esperançosas, um pouco menos criticas com elas mesmas. 

WIFT: O que você achou mais desafiador de sua carreira: Começar ou ser capaz de continuar? 

AJJ: Levei muitos anos para encontrar a confiança necessária para realmente dar um salto e tornar-me uma cineasta. Agora que minha tenacidade tem sido alimentada e eu já provei o sentimento real de criação de filmes, eu fiquei viciada! Sinto-me abençoada por ter finalmente encontrado a verdadeira paixão da minha vida! 

WIFT: Por que fazer parte de uma comunidade que apoia as mulheres nas artes é importantes para você? 

AJJ: Ser parte de uma comunidade que apoia as mulheres nas artes tem sido um aspecto incrivelmente nutritivo e inspirador para a minha jornada como cineasta. Estou abastecida pelos sucessos artísticos de outras mulheres e grata por todas as senhoras incrivelmente talentosas que vieram em minha vida nos últimos anos. 

WIFT: Se você pudesse escolher uma música tema para descrever a produção de Lines, qual seria? 

AJJ: A música tema para Lines é uma canção de August Cinjun Tate chamada "Million." Eu estava com essa música tocando em meu ouvido desde o momento que comecei a escrever a história até quando terminamos a edição do filme! 

Sobre Amy Jo Johnson: 

Amy Jo é uma multi-facetada artista com mais de vinte anos de experiência na indústria do entretenimento. Amy Jo nasceu e cresceu nos EUA, mas depois de 15 anos morando em Los Angeles, ela ansiava por uma nova aventura, e em 2007 mudou sua vida para o Canadá, onde ela se apaixonou, teve um bebê, e protagonizou a premiada série canadense Flashpoint. Trabalhando com sucesso como atriz há mais de duas décadas, Amy Jo deu um passo para atrás das câmeras em 2012, onde começou sua carreira de cineasta. Seus três primeiros curtas-metragens já ganharam inúmeros prêmios e ela também tem sido criticamente reconhecida por seu roteiros. Johnson está atualmente desenvolvendo seu longa-metragem de estréia "The Space Between" que foi apadrinhado por meio do programa Canadian Film Centre Producers, com a produtora residente Jessica Adams, e está programado para ser filmado em junho de 2015. 

Matéria original em inglês aqui.

16 de mai de 2015

BravoFACT declara 2015 o ano da cineasta feminina

Atriz e cineasta canadense Amy Jo Johnson irá ancorar o próximo júri BravoFACT:

BravoFACT (Fundação de Assistência ao Talento Canadense) da Bell Media, anunciou que está declarando 2015 como o ano da cineasta feminina. Em um esforço para promover e apoiar a ascensão de cineastas do sexo feminino em todo o país, BravoFACT está empenhando-se com uma garantia de 50% dos seus fundos, em perpetuidade, a projetos com liderança feminina, iniciando com os recebedores do prêmio BravoFACT.

Para ser elegível, o projeto deve ter um produtor e/ ou diretor feminino. Como parte desta iniciativa, cada júri da BravoFACT e da BravoFACTUAL em 2015 irá incluir um proeminente cineasta feminino como jurado convidado.

Ancorando a BravoFACT em 2015, a jurada é a cantora, atriz, roteirista e diretora Amy Jo Johnson (Flashpoint), que está atualmente em desenvolvimento de seu filme de estréia, The Space Between.

"O mandato da BravoFACT sempre foi o de cultivar e desenvolver cineastas canadenses diversos e talentosos e queremos continuar e chamar atenção para o grupo florescente de mulheres talentosas na indústria cinematográfica canadense", disse Tracey Pearce, Vice-Presidente Sênior da Bell Media. "Com esta nova iniciativa, esperamos encorajar mais projetos liderados por mulheres, e estamos ansiosos para o financiamento de uma multidão de curtas-metragens inovadores, tanto roteirizados quanto factuais, este ano".

Disponibilizando recursos para curtas-metragens desde a sua criação em 1995, a BravoFACT prêmia em quatro ciclos no ano: dois ciclos de bolsas para curtas roteirizados via BravoFACT, e dois ciclos de bolsas para projetos de documentários curtos via BravoFACTUAL. O próximo prazo de apresentação para BravoFACTUAL é 1º de abril de 2015. O próximo prazo de apresentação para BravoFACT é 12 de junho de 2015.

Também como parte do "ano da iniciativa da cineasta feminina", a BravoFACT anunciou recentemente a primeira parceria com o festival Women In Film & Television-ATLANTIC (WIFT-ATLANTIC) para um concurso só para mulheres. Lançando no 5º aniversário da conferência WIFT-AT: Mulheres Fazendo Ondas, que será realizada em março, o concurso recebe membros da WIFT-AT interessados em apresentar seus curtas para uma chance de ganhar um prêmio de US$ 35.000.














Sobre a BravoFACT:

A BravoFACT (Fundação de Assistência ao Talento Canadense) da Bell Media, foi criada em 1995 pelo canal nacional de especialidades Bravo. A fundação é o maior financiador de curtas-metragens no Canadá e tem apoiado mais de 1.500 projetos de forma curta em todo o país. BravoFACT é uma divisão da Bell Media, que é propriedade do BCE Inc. (TSX, NYSE: BCE), a maior empresa de comunicação do Canadá.

Original em inglês pode ser lida aqui.

10 de mai de 2015

We are back!


Sim! Depois de quase 2 anos fora do ar, o Amy Jo Brasil está de volta. Vale lembrar que ao longo desse tempo, o fanclube não esteve parado. Nossas páginas no Facebook e Twitter estiveram ativas levando todas as novidades sobre a Amy Jo Johnson.

Gostaríamos de agradecer as mensagens de apoio e os pedidos pela volta do site, sentimos saudades de todas as figurinhas que sempre deixavam seus comentários por aqui. O site esteve fora unicamente por conta da vida corrida dos administradores e não por problemas na confecção desse visual. Queremos dizer que estamos com as energias recarregadas e que voltamos com muita vontade de continuar esse trabalho voltado não só a ela, mas aos seus "ajudantes" do Brasil como ela mesmo gosta de descrever.

O que há de novo no Amy Jo Brasil?

A sessão "Biografia" foi atualizada com novos banners e recebeu um tratamento especial na edição para que ficasse mais consistente.

A sessão "Filmografia" agora encontra-se completa. Construímos páginas especiais dedicadas a cada filme e série que Amy Jo atuou, contendo fotos, guia de episódios, sinopses e perfil das personagens. Essas páginas especiais podem ser acessadas por meio dessa sessão da filmografia.

A sessão "Discografia" também foi atualizada e agora vem trazendo o que própria Amy Jo escreveu sobre os seus álbuns, além dos links para os sites de venda. O CD mais recente, Never Broken, também tem seu espaço garantido lá.

A sessão "Composições" é uma novidade no nosso site. Ela surgiu de uma ideia que teve como base o pedidos dos nossos próprios seguidores que sempre enviavam perguntas sobre a origem das canções.

A sessão "Quem somos" também é uma novidade e narra a história do nosso fanclube desde o seu surgimento na antiga comunidade do orkut. É um prato cheio para os fãs que nos seguem desde 2007.

Montamos também uma "Galeria" hospedada pelo site Picasa, com as fotos promocionais já conhecidas e algumas exclusivas das séries, filmes e álbuns da Amy Jo. 

O novo visual:

As cores vinho e preto foram a base para a composição desse novo layout. Temos de volta a borboleta, e sombras de flores no background negro, tudo para deixar um ar moderno e ao mesmo tempo natural.

Tudo foi construído com carinho e esperamos que vocês gostem. Foram quase 1 milhão de acessos em 7 anos e agradecemos a todos os visitantes, parceiros, e amigos que estão sempre presentes, especialmente aos que nos seguem desde 2007.

Go Go Amy Jo!

Últimas postagens: